Mostrando postagens com marcador SPE Águas Azuis. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SPE Águas Azuis. Mostrar todas as postagens

07 junho 2024

Batimento de quilha do segundo navio marca avanço no Programa Fragatas Classe Tamandaré

Primeiro navio será lançado em agosto deste ano e entregue à Marinha no final de 2025



Por Capitão-Tenente (T) Victer e Segundo-Tenente (RM2-T) Clara

A Marinha do Brasil, a Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON) e a Sociedade de Propósito Específico (SPE) Águas Azuis realizaram a Cerimônia de Batimento de Quilha da Fragata “Jerônimo de Albuquerque” (F-201), nesta quinta-feira (6), na thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul, em Itajaí (SC). A F-201 é a segunda embarcação do Programa Fragatas Classe Tamandaré (PFCT), que prevê a construção de quatro navios. O PFCT é considerado o mais inovador projeto de construção naval desenvolvido no Brasil, com mão de obra local e transferência de tecnologia.

01 novembro 2023

Primeiro corte de aço marca início da construção da segunda fragata Classe Tamandaré


Foi realizado hoje, na thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul em Itajaí (SC), um evento interno para marcar o início do corte de aço do segundo navio da Classe Tamandaré, que será batizado de Fragata "Jerônimo de Albuquerque” - F201. A construção dessa embarcação seguirá em paralelo à edificação da Fragata “Tamandaré” - F200, cujo lançamento está previsto para ocorrer em meados de 2024.

16 outubro 2023

Programa Fragatas Classe Tamandaré: construção da primeira embarcação segue em ritmo acelerado


Por Redação Forças de Defesa 

Formada a partir da aliança entre thyssenkrupp Marine Systems, Embraer Defesa & Segurança e Atech, a Águas Azuis anuncia o atingimento de mais um importante marco no Programa Fragatas Classe Tamandaré (PFCT). Como parte do processo de construção da primeira fragata na thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul, em Itajaí (SC), a Fragata “Tamandaré” – F200, destacam-se o posicionamento dos motores principais, dos geradores, das caixas redutoras e dos eixos intermediários do sistema de propulsão a bordo, bem como a edificação de quatro blocos, sendo dois deles onde está localizada a praça de máquinas e outros dois na praça de geração de energia da embarcação.

05 abril 2023

thyssenkrupp Marine Systems marca presença na LAAD Defence & Security 2023


Um dos principais fornecedores de sistemas navais do mundo, a thyssenkrupp Marine Systems está entre os expositores da LAAD Defence & Security 2023 - Feira internacional de Defesa e Segurança, um dos maiores e mais importantes eventos do setor na América Latina, que será realizado entre os dias 11 e 15 de abril no Rio de Janeiro (RJ). A feira reúne representantes das principais fabricantes e fornecedoras de tecnologia para Forças Armadas, Polícias e Forças Especiais, servindo como importante vitrine para projetos de infraestrutura e engenharia.

25 março 2023

Espinha dorsal da Fragata Classe “Tamandaré" é concluída

Cerimônia de Batimento de Quilha do primeiro navio da classe foi realizada em Itajaí (SC)



Por Primeiro-Tenente (RM2-T) Luciana Almeida - Brasília, DF

Mais uma importante etapa de construção das Fragatas Classe “Tamandaré" está concluída. Foi apresentada, nesta sexta-feira (24), pela Marinha do Brasil (MB) e pela Sociedade de Propósito Específico (SPE) Águas Azuis, a "espinha dorsal" da primeira fragata dessa classe, ou seja, a quilha, parte estrutural de um navio, que possibilita a montagem das demais partes e módulos de sua construção. A apresentação ocorreu durante a cerimônia de "Batimento de Quilha", na thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul (tkEBS), em Itajaí (SC). Na construção naval, o batimento de quilha é considerado uma forma de trazer boa sorte.

25 janeiro 2023

Classe Tamandaré: Os novos navios da Marinha estão sendo construídos com tablets, computadores e RA

Para que tudo funcione, foram instalados mais de 20 totens com computadores na área de produção do estaleiro – até o fim do ano serão 40 – e cerca de 25 tablets



A thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul é palco do mais inovador projeto naval já desenvolvido no País: a construção das fragatas Classe Tamandaré para a Marinha do Brasil. Serão quatro embarcações de defesa, equipadas com as mais avançadas tecnologias existentes.

12 janeiro 2023

Emgepron verifica o atual estágio de construção da Fragata Tamandaré


No dia 11 de janeiro de 2023, o Diretor-Presidente da Emgepron, Vice-Almirante (RM1-IM) Edesio Teixeira Lima Junior, acompanhado de comitiva da Empresa e de Diretores da SPE Águas Azuis, Embraer e Atech, realizou uma visita ao thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul, em Itajaí - SC, com o propósito de verificar o atual estágio de construção da Fragata Tamandaré (F200), a primeira da Classe, cuja construção teve início em 04 de setembro de 2022.

11 outubro 2022

Atech apresenta soluções de Defesa Naval em Paris durante a Euronaval 2022


São Paulo, 10 de outubro, de 2022
 A Atech, empresa do Grupo Embraer, estará presente na Euronaval 2022, uma das mais importantes feiras internacionais do setor e exibirá todo seu portfólio de serviços e soluções para defesa e segurança e sua expertise em desenvolvimento e integração de sistemas navais complexos. O evento acontece entre os dias 18 e 21 de outubro deste ano, em Le Bourget – Paris (França).

10 setembro 2022

Cerimônia de corte de chapa da Fragata “Tamandaré” é realizada em Itajaí (SC)

Fragata “Tamandaré”

Em 5 de setembro de 2022, decorridos dois anos do início da execução do contrato, período em que foram elaborados documentos, estudos e desenhos técnicos do Projeto Executivo, além da necessária mobilização e preparação das instalações fabris do thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul (tkEBS), em Itajaí (SC), teve início naquele estaleiro a fase de construção dos navios com o corte da chapa do casco do primeiro da classe, a futura F200 - Fragata “Tamandaré”.

22 junho 2022

Cerimônia marca início da construção das Fragatas “Classe Tamandaré”

Novos navios da Marinha têm previsão de entrega entre 2025 e 2029



Por Primeiro-Tenente (RM2-T) Luciana Santos de Almeida - Itajaí, SC

O início da construção de quatro navios de guerra, que farão parte da Esquadra da Marinha do Brasil – Fragatas “Classe Tamandaré” – foi marcado por uma cerimônia realizada no dia 21 de junho, na thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul, em Itajaí (SC). No local, foi apresentado o mockup do navio, que é um compartimento da Fragata “Classe Tamandaré”. Trata-se de uma reprodução em dimensões reais da seção de uma das praças de máquinas do navio.

26 janeiro 2022

Comandante de Operações Navais e comitiva visitam instalações do Programa Fragatas Classe Tamandaré em Itajaí


Em 20 de janeiro, na parte da manhã, como parte da Operação “ASPIRANTEX/2022”, o Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen e comitiva, acompanhado pelo Comandante do 5º Distrito Naval, Vice-Almirante Sílvio Luiz dos Santos, estiveram presentes no Escritório de Apoio Administrativo do Programa Fragatas Classe Tamandaré em Itajaí (EAAPFCTI), da EMGEPRON, bem como no Escritório de Fiscalização da empresa, localizado no thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul (tkEBS), onde serão construídas as quatro fragatas para a Marinha do Brasil (MB), conforme previsto no contrato assinado em 4 de março de 2020, entre a EMGEPRON e a Sociedade de Propósito Específico Águas Azuis (SPE Águas Azuis).

17 dezembro 2021

13 setembro 2021

Construção de fragatas ainda tem oportunidades para indústria local

SPE Águas Azuis detalhou itens de equipamentos e serviços já selecionados e a serem contratados pelo construtor e pelo estaleiro, em diferentes níveis. Entre itens em aberto, planta elétrica, tubulações e válvulas diversas


Fragata Classe Tamandaré

Por Danilo Oliveira - Portos e Navios

O programa para obtenção de fragatas classe Tamandaré (PFCT) ainda apresenta uma série de oportunidades para empresas da base industrial naval e da base industrial de defesa do Brasil. A sociedade de propósito específico (SPE) Águas Azuis e o estaleiro Brasil Sul (SC), onde as quatro unidades contratadas pela Marinha serão construídas, já fechou alguns itens e continua a discutir e a buscar fornecedores de equipamentos e serviços, no Brasil e no exterior, conforme os critérios de competitividade e de conteúdo local especificados pela força naval. A expectativa é que o estaleiro inicie as atividades de construção no começo de 2022.

Leia também