Publicidade

11 outubro 2022

Atech apresenta soluções de Defesa Naval em Paris durante a Euronaval 2022


São Paulo, 10 de outubro, de 2022
 A Atech, empresa do Grupo Embraer, estará presente na Euronaval 2022, uma das mais importantes feiras internacionais do setor e exibirá todo seu portfólio de serviços e soluções para defesa e segurança e sua expertise em desenvolvimento e integração de sistemas navais complexos. O evento acontece entre os dias 18 e 21 de outubro deste ano, em Le Bourget – Paris (França).

Com atuação em importantes programas brasileiros de Defesa e com presença no mercado internacional, a empresa oferece soluções inovadoras e personalizadas para aplicação nas áreas de comando e controle, tráfego aéreo, segurança cibernética, sistemas de instrumentação e controle, sistemas embarcados, simuladores e logística.

A Atech desenvolveu um robusto conjunto de tecnologias, com alta capacidade de integração, usabilidade e escalabilidade. Estas soluções, que estão reunidas na família de produtos Arkhe, podem ser aplicadas em diferentes ambientes de defesa, a partir da fase de evolução em que se encontram seus sistemas.

No Brasil, a Atech é reconhecida e certificada como Empresa Estratégica de Defesa pelo Ministério da Defesa e está presente nos principais programas realizados pelas Forças Armadas nas duas últimas décadas.

Por meio de sua atuação em projetos estratégicos da Marinha do Brasil, a Atech adquiriu uma expertise rara de ser encontrada no mercado global de Defesa Naval. Atualmente, a empresa participa de três importantes programas navais brasileiros: o PFCT (Programa Fragatas Classe Tamandaré), o Labgene (Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica) e o H225M/H-XBR (Sistemas para Emprego Naval Embarcados em Helicópteros Multimissão).

Sistemas da Fragata classe Tamandaré

Para estes programas, a Atech oferece soluções inovadoras para o desenvolvimento e integração de sistemas navais complexos. Dentre eles, o CMS (Combat Management System) e o IPMS (Integrated Platform Management System), para as Fragatas Classe Tamandaré; o N-TDMS (Naval Tactical Data Management System), para a versão operativa do helicóptero Super Cougar (H225M); e ainda sistemas de instrumentação e controle nuclear para propulsão nuclear, centros de comando e controle para defesa e vigilância fixos (C4I) e móveis (C2).

No Programa Fragata Classe Tamandaré, a Atech atua como membro da SPE (Sociedade de Propósito Específico) “Águas Azuis”, que inclui, também, as empresas thyssenkrupp Marine Systems e Embraer Defesa & Segurança. Este programa prevê a fabricação de navios modernos, de alta complexidade tecnológica e grande poder de combate. Estas embarcações terão como missão salvaguardar os interesses do Brasil e proteger as riquezas da Amazônia Azul – área com mais de 4,5 mil km² de águas sob jurisdição brasileira.

A primeira fragata já está em construção. No contexto do PFCT, a Atech é também a empresa receptora das tecnologias que serão transferidas (ToT) por parceiras internacionais que atuam no desenvolvimento e integração do CMS e do IPMS das fragatas.

No Labgene, a Atech é responsável pelo desenvolvimento de todos os sistemas de monitoramento, controle e proteção do laboratório, pela integração dos sistemas de instrumentação e pelos sistemas auxiliares que vão operar na unidade. A empresa será ainda responsável pelas atividades de treinamento, operação assistida e suporte ao comissionamento da planta do laboratório.

Helicóptero H225M (UH-15B) da Marinha do Brasil armado com míssil antinavio AM-39 Exocet

Dentro do programa H225M/H-XBR, criado pelo Ministério de Defesa do Brasil para desenvolvimento de helicópteros multimissão, a Atech é responsável pelos sistemas de comando e controle embarcados na aeronave, incluindo o de armas.

A empresa participa do desenvolvimento do sistema tático de missão da versão operacional naval do H225M/H-XBR: o N-TDMS (sigla em inglês para Sistema de Gerenciamento de Dados Táticos Navais). Por meio da integração de sensores e dos dados de voo, o N-TDMS apresenta ao operador do helicóptero e ao comando militar, em terra, toda a situação tática em torno da aeronave, facilitando a tomada de decisão pela tripulação ou pelo centro de operação.

Ainda no mercado de Defesa, a empresa tem participação em projetos estratégicos na América do Sul, Ásia, Oriente Médio, e no Norte da África, onde instalou recentemente um sistema completo de Vigilância Aérea e Terrestre, que inclui plataformas aéreas, centro de comando e controle fixo (C4I) e móveis (C2).

“A qualidade dos projetos executados pela Atech, adicionada aos constantes investimentos em capacitação, tecnologia e inovação, impulsiona sua presença no mercado global, e reforça a confiabilidade e segurança das soluções desenvolvidas pela empresa”, destaca Edson Carlos Mallaco, Presidente da Atech.

Os representantes da Atech e da Embraer, estarão disponíveis na Euronaval 2022, no estande F-67 para discutir as capacidades e soluções da empresa para o segmento naval, assim como os seus desafios atuais e futuros.

SOBRE A ATECH


Reconhecida como uma “System House” brasileira, a Atech sempre se pautou pela inovação com o objetivo de ajudar a transformar o país. Com uma expertise única em engenharia de sistemas e tecnologias de consciência situacional e apoio a tomada de decisão, a Atech trabalha no desenvolvimento de soluções inovadoras com aplicações nas áreas de tráfego aéreo, gestão de ativos, segurança digital, conexões Inteligentes, logística, sistemas de comando e controle, de instrumentação e controle, embarcados e simuladores.

Para mais informações, acesse www.atech.com.br.

Para mais informações do portfólio Arkhe – Integrated Systems, acesse: Portfólio Arkhe

Divulgação: Rossi Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário