Publicidade

22 janeiro 2023

Argentina determinada a avançar com a compra dos blindados Iveco Guarani 6x6

O ministro Taiana expressou seu desejo de que o governo Lula permita que o projeto avance


VCBR Guarani - Foto: Ministério da Defesa da Argentina

Por Gonzalo Maria -
Infodefensa.com

Uma prioridade para a Argentina é finalizar a compra de blindados sobre rodas e, como deu a entender o ministro da Defesa argentino, Jorge Taiana, a opção escolhida é o Iveco Guarani 6x6. Especificamente, no ato de despedida da Força-Tarefa Argentina 61 (FTA 61), Taiana expressou, ao ser consultado pelo Infodefensa.com, seu desejo de que o governo Lula permita o andamento do projeto ao longo de 2023.

As opções que foram consideradas para o programa VCBR (“Vehículo de Combate Blindado a Rueda”) foram o Stryker, da General Dynamics; o Guarani 6x6, da Iveco; e o VN-1D1, da Norinco. Em entrevista ao 
Infodefensa.com, o ministro já havia comentado: "Me parece que por diversos motivos a opção que tem mais oportunidades é a do Guarani. O Guarani tem uma série de pontos a favor neste processo, mas tem que ver a questão do financiamento, que é sempre um problema".

"A opção mais conveniente"


"Não há dúvida de que o melhor veículo é o Stryker, um veículo reconhecido e testado em combate; depois o Guarani, independentemente de ser um 6x6; e por último o Norinco. Mas como é uma compra grande, uma brigada, há outros aspectos a serem levados em conta. Por isso, o Exército interpreta a opção mais conveniente, sob todos os pontos de vista, é o Guarani", explicaram fontes do Exército Argentino ao Infodefensa.com.

Em meados de 2021, foi realizada no país uma prova do Guarani, por empréstimo do 5° Regimento de Cavalaria Mecanizada do Exército Brasileiro. Durante os 30 dias que permaneceu no país, ele passou por testes técnico-operacionais, testes de armas e suas capacidades para voar em uma aeronave Hercules C-130H.

Primeira fase de testes da viatura blindada Guarani na Argentina

Tradução e Adaptação: Defesa Brasil Notícias
Vídeo: Ejército Argentino

Nota do Defesa Brasil Notícias: Matéria reproduzida com autorização do Infodefensa.com, parceiro de Defesa Brasil Notícias no intercâmbio de informações. Proibida a reprodução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também