Publicidade

23 setembro 2022

Diretoria de Aeronáutica da Marinha avalia SARP V-Bat 128

Aeronave V-Bat 128 realiza decolagem vertical

A Diretoria de Aeronáutica da Marinha (DAerM), com o apoio do Comando da Força Aeronaval (ComForAerNav) e organizações militares subordinadas, realizou, nos dias 21 e 22 de setembro, a avaliação do Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas (SARP) V-Bat 128, da empresa Shield AI/Martin UAV, na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, com o propósito de verificar as capacidades e características do SARP.

O V-Bat 128 é uma ARP de decolagem e pousos verticais (VTOL - Vertical Take off and Landing), que elimina a necessidade de equipamentos de lançamento e de recolhimento, com a capacidade de realizar operações em terra e embarcadas. Apresenta um comprimento de 2,74 m e uma envergadura de 2,95 m, possuindo 10 horas de autonomia e peso máximo de decolagem de 56,6 kg. A ARP pode ser configurada com cargas úteis diversas, como câmeras eletro-ópticas (EO) e MWIR (Middle Wavelength Infrared), AIS (Automatic Identification System) e Radar de Abertura Sintética (SAR).

Aeronave V-Bat 128 durante a inspeção pré voo

A montagem da aeronave pode ser realizada de forma expedita e o sistema pode ser transportado por um veículo tático leve ou um helicóptero do porte do UH-15.

A condução dos testes em voo pela DAerM contribui para o desenvolvimento e estabelecimento de requisitos para as futuras aquisições do Programa de Obtenção de SARP-E, previsto no Portfólio Estratégico da Marinha.


Vídeo: Martin UAV

Nenhum comentário:

Postar um comentário