Publicidade

06 junho 2022

Minas Gerais vai ganhar fábrica de aviões da Desaer

Desaer escolheu o interior de Minas Gerais para construir sua unidade de produção


O projeto principal da Desaer é o ATL-100 desenvolvido para operar em pistas curtas e sem pavimentação - Desaer/Divulgação

Por Marcel Cardoso

A Desaer, novo fabricante de aeronaves regionais com capacidade para até 50 passageiros, anunciou a instalação de uma fábrica próximo ao aeroporto de Araxá (AAX), em Minas Gerais.

A empresa prevê investimentos de R$ 685 milhões no empreendimento, que poderá gerar 820 empregos diretos e indiretos. A intenção é produzir no local o ATL-100, a primeira aeronave da Desaer, que será um bimotor com capacidade para 19 passageiros, que pode ser convertida em transporte aeromédico, de tropas ou paraquedistas, patrulha e vigilância.

“Havia outros sete Estados na disputa, mas escolhemos Minas Gerais pela forma amigável e transparente com que o Governo de Minas nos tratou do início ao fim das negociações. A cidade de Araxá, por sua vez, também nos ofereceu ótimas condições para a realização dos ensaios com as aeronaves”, explicou Evandro Fileno, CEO da Desaer.

O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou do anúncio da nova fábrica - Foto: Governo de Minas Gerais

O fabricante já desenvolveu seu primeiro projeto, o ATL-100 visando a operação em pistas curtas e não pavimentadas, contando com fácil manutenção. O foco é a operação na aviação regional e em locais em que o avião é o meio mais rápido e seguro de transporte, como a região Amazônica.

A empresa ainda planeja oferecer o ATL-100 para a Força Aérea Brasileira, como potencial substituto aos veteranos C-95 Bandeirante e C-97 Brasília. Além disso, uma versão híbrida poderá ser lançada, utilizando dois motores elétricos conjuntamente com dois motores turboélices convencionais.

A nova fábrica deverá entrar em operação em janeiro de 2025.


Nenhum comentário:

Postar um comentário