Departamento de Defesa dos EUA libera imagens do caça F-35 realizando lançamento de bombas termonucleares

Foto: Escritório do Programa Conjunto do F-35

O Departamento de Defesa dos EUA, divulgou imagens recentes que mostram caças F-35A realizando testes de lançamento com bombas termonucleares B61-12. Em uma segunda fase de aprimoramento da aeronave, ela obterá a capacidade de ser equipada com armas de diversa potência.

Nas fotos, publicadas pelo Escritório do Programa Conjunto do F-35 no começo de junho, caças F-35A podem ser visto testando suas capacidades de lançamento de bombas. A bomba B-61, de 50 quilotons, é pequena o bastante para ser carregada pelo F-35.

Foto: Escritório do Programa Conjunto do F-35

As fotos foram feitas durante os testes em junho de 2019, realizados na base aérea de Edwards, na Califórnia, usando munições inertes. A versão do caça destinada à Força Aérea dos EUA (USAF) será a única construída pela Lockheed Martin a ser certificada para levar bombas nucleares e convencionais.

O F-35 já possui certificação para ser municiado com a bomba GBU-53/B StormBreaker, que recentemente sofreu um atraso na produção devido a falhas em seu projeto. Segundo relatório da Auditoria-Geral dos EUA (GAO), a aeronave deve substituir vários modelos com certificado nuclear de países membros da OTAN.

O F-35E foi a primeira aeronave dos EUA a receber um certificado que permite lançar bombas B61-12. Este projétil foi desenvolvido em 2015, mas sua produção somente começou em março de 2020.

"Vamos construir um total de 70 bombas ao longo da semana", afirmou em um comunicado o sargento Jason P. Brackins, do 354° Esquadrão de Manutenção dos EUA.

FONTE: DefesaTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Terceira aeronave KC-390 Millennium é incorporada à frota da FAB

Aeronave de matrícula FAB 2855 pousou neste sábado (27/06), na Ala 2, em Anápolis (GO) A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu, neste...