Navio de Socorro Submarino “Guillobel” é incorporado à Marinha

Navio de Socorro Submarino “Guillobel”

Em cerimônia presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, o Navio de Socorro Submarino “Guillobel” (NSS “Guillobel”) foi incorporado à Armada no dia 12 de maio.

Construído por pedido da empresa ADAMS Offshore, no estaleiro Balenciaga, em Zumai, na Espanha, em 2009, o então “Adams Challenge” foi concebido para realizar mergulho profundo. Permaneceu, desde então, operando mergulho saturado nos Golfos do México e da Guiné e, mais recentemente, no Oriente Médio.

O quarto Navio de Socorro de Submarinos da centenária Força de Submarinos ostenta o nome do submarinista Almirante Renato Almeida Guillobel. Hoje, com a bandeira nacional hasteada em sua popa, o NSS “Guillobel” confere robustez ao Poder Naval brasileiro, modernizando a capacidade de resgate de tripulações de submarinos.

A incorporação deste importante meio é um marco para a atividade de mergulho, contribuindo para a segurança das operações com Ações de Submarinos, bem como a possibilidade de incremento do apoio ao Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR).

Após a incorporação, o NSS “Guillobel” passa à fase inicial de adestramento operativo, com o objetivo de buscar o seu pronto aprestamento.

O novo navio recebeu o nome do Almirante Renato Almeida Guillobel

2 comentários:

  1. Onde será seu local de operação? Arsenal ou Itaguaí? abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei ao certo, mas arriscaria dizer no Complexo Naval de Itaguaí. Abs.

      Excluir

DESTAQUE

Primeiro caça Gripen da FAB já está a caminho do Brasil

Primeiro Gripen E da Força Aérea Brasileira – Foto: Saab O primeiro caça F-39 Gripen E brasileiro já deixou a Suécia a bordo de um navio mer...