USAF interrompe mais uma vez as entregas do KC-46 após novos problemas

Segundo o chefe do estado-maior da força aérea David Goldfein, a USAF só usará o KC-46 a menos que seja absolutamente necessário


KC-46 Pegasus

Por Gabriel Benevides

Ao que parece, a USAF está tendo novos problemas com o avião-tanque KC-46 Pegasus após apresentar detritos dentro dos tanques de algumas unidades recém recebidas, deixando o General David Goldfein, bastante desconfortável, o general declarou recentemente ao senado americano que a USAF só colocará em operação o novo equipamento caso seja absolutamente necessário o uso.

De acordo com a Air Force Magazine, a nova aeronave está com problemas no sistema de visão remota (RVS) localizado abaixo da aeronave. Este sistema é fundamental no avião-tanque, pois permite aos pilotos visualizar onde está o sistema boom de reabastecimento do avião em relação à aeronave que está tentando abastecer. Mesmo estando a cerca de 3 m da aeronave receptora, o RVS encontra dificuldades para fazer a devida conexão, fazendo com que o operador não atinja o avião em algumas tentativas.

“Estamos tomando conhecimento do problema em relação ao RVS e colocamos como prioridade resolver o problema até o final de março” disse a Secretária da Força Aérea dos Estados Unidos, Barbara Barrett.
David Goldfein disse que o novo CEO da Boeing, David Calhoun, está comprometido para que o KC-46 possa funcionar perfeitamente na USAF e que fará o necessário para corrigir os problemas encontrados, Goldfein afirmou que está vendo mudanças no comportamento da Boeing desde que David Calhoun assumiu o controle do fabricante.

Apesar do KC-46 estar programado para entrar em operação entre 2023 e 2024, David Goldfein afirma não estar confiante o suficiente para o novo avião-tanque participar de futuras missões regularmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Primeiro caça Gripen da FAB já está a caminho do Brasil

Primeiro Gripen E da Força Aérea Brasileira – Foto: Saab O primeiro caça F-39 Gripen E brasileiro já deixou a Suécia a bordo de um navio mer...