Colômbia pode gastar mais de US $ 1 bilhão em novos caças para equipar sua Força Aérea

Saab Gripen E - Foto: Saab

BOGOTÁ (Reuters) - A Colômbia está analisando propostas dos Estados Unidos, Espanha e Suécia para substituir seus antigos aviões de caça, informou a Força Aérea Colombiana na terça-feira.

A substituição de aproximadamente 20 aviões de caça 
israelenses Kfir, que a Colômbia comprou três décadas atrás, pode custar mais de US $ 1 bilhão, disseram à Reuters fontes da Força Aérea, que não tinham autorização para falar publicamente.

"Diferentes países, incluindo Espanha, Suécia e Estados Unidos, fizeram propostas formais à Colômbia para substituir o esquadrão", disse a Força Aérea Colombiana em um comunicado.

"Aviões como o Saab Gripen, o Eurofighter e o F-16 estão sendo avaliados, um processo que permitirá que a Força Aérea apresente recomendações para a tomada de decisões no momento que o governo determinar", acrescentou o comunicado.

Apesar das limitações orçamentárias, o presidente Ivan Duque disse que é a favor da modernização da aviação de caça do país.


Foto ilustrativa

Por Julia Symmes Cobb


FONTE: Reuters

Tradução e Adaptação: Defesa Brasil Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Primeiro caça Gripen da FAB já está a caminho do Brasil

Primeiro Gripen E da Força Aérea Brasileira – Foto: Saab O primeiro caça F-39 Gripen E brasileiro já deixou a Suécia a bordo de um navio mer...