Publicidade

27 outubro 2022

Blindado Guarani embarca pela primeira vez no KC-390


Por Defesa Brasil Notícias

Em 25 de outubro, pela primeira vez, a Viatura Blindada de Transporte de Pessoal – Média Sobre Rodas (VBTP–MSR) 6×6 GUARANI embarcou no EMBRAER KC-390 Millennium, moderno avião de transporte militar multimissão da Força Aérea Brasileira (FAB), desenvolvido pela indústria nacional.

Em conjunto com o Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV)
, unidade subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), e a EMBRAER, o Centro de Instrução de Blindados (CI Bld) General Walter Pires realizou uma das etapas da avaliação operacional da aeronave.


Ensaio de Transportabilidade Aérea


No período de 8 a 10 de maio, militares do Centro de Avaliações do Exército (CAEx), da Diretoria de Fabricação (DF) e do 57º Batalhão de Infantaria Motorizado – Escola (57º BI Mtz - Es) participaram de testes objetivando a verificação da transportabilidade aérea da VBTP–MSR GUARANI na aeronave KC-390, conjuntamente com o pessoal da Força Aérea Brasileira (FAB) e engenheiros da EMBRAER, nas instalações dessa empresa, em São José dos Campos/SP.


Durante os testes mencionados, os envolvidos embarcaram as duas versões da VBTP–MSR GUARANI, uma sem torre e outra com a torre UT30BR equipada com canhão 30mm, em um simulacro do KC-390 fabricado pela empresa EMBRAER, para a realização de ensaios em condições controladas. Foram realizadas as seguintes atividades: pesagem e metrologia dimensional das viaturas, bem como a simulação de embarque, desembarque e amarração das mesmas no compartimento de carga do simulacro da aeronave.

Esses testes permitiram constatar que ambas as versões podem ser transportadas pela aeronave KC-390. Adicionalmente, foi possível coletar uma série de informações técnicas quanto aos procedimentos mais adequados para a realização do transporte aéreo da VBTP– MSR GUARANI que, por sua vez, constarão dos manuais técnicos da aeronave, que se encontram em processo de confecção.

FONTE: Comando Militar do Sul e Departamento de Ciência e Tecnologia

Nenhum comentário:

Postar um comentário