Destaque do mês

Pilotos de caça iniciam curso operacional da aeronave Gripen

Capacitação ocorre em Såtenäs, na Suécia, e integra a implantação do novo caça na Força Aérea Brasileira (FAB) Quatro pilotos do Primeiro Gr...

Tiro técnico de obuseiros em Resende (RJ)


Barueri (SP) – O Arsenal de Guerra de São Paulo (AGSP) realizou, nos dias 8 e 9 de dezembro, no campo de tiro da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), o tiro técnico de 10 obuseiros 105 mm M56 OTO Melara e de seis obuseiros 105 mm L118 Light Gun. Essa atividade validou com sucesso a revitalização realizada nas 16 peças, atestando a confiabilidade dos procedimentos de manutenção adotados e executados pelo corpo técnico do Arsenal.

A capacitação e a expertise do corpo técnico envolvido, composto por engenheiros militares e mecânicos de armamento, trabalhando em uma estrutura dedicada, assistida por processos administrativos eficientes, possibilitou ao AGSP, mesmo em um momento adverso, cumprir sua missão finalística estabelecida pelo Programa Interno de Trabalho e realizar a entrega de mais um lote de obuseiros revitalizados aos grupos de artilharia localizados nas mais diversas localidades do país: 10º GAC Sl, 8º GAC Pqdt, 20º GAC L, 2º GAC L, 26º GAC, 32º GAC e AMAN.

Oportunamente, foi concluída a avaliação dos discos de embreagem do mecanismo de elevação do obuseiro 105 mm L118 Light Gun, nacionalizados pelo AGSP; bem como a validação do funcionamento da primeira versão do conjunto de vedação fabricado no Brasil para o sistema do freio recuperador do obuseiro.




Obuseiros 105 mm M56 Oto Melara

Obuseiros 105 mm L118 Light Gun

FONTE: AGSP

Nenhum comentário:

Postar um comentário