F-15EX: USAF celebra contrato para o primeiro lote de aeronaves


WASHINGTON — O Departamento da Força Aérea dos EUA firmou um contrato de quase US$ 1,2 bilhão para o seu primeiro lote de oito aeronaves de caça F-15EX.

O contrato, concedido à Boeing, prevê o design, desenvolvimento, integração, fabricação, teste, verificação, certificação, entrega, manutenção e modificação de aeronaves F-15EX, incluindo peças de reposição, equipamentos de suporte, materiais de treinamento, dados técnicos e suporte técnico.

O F-15EX substituirá os F-15C/Ds mais antigos no inventário da USAF. Oito aeronaves F-15EX foram aprovadas no orçamento do ano fiscal de 2020 e 12 foram solicitadas no orçamento do ano seguinte (FY21). A Força Aérea planeja comprar um total de 76 aeronaves F-15EX nos próximos cinco anos.

“O F-15EX é a maneira mais acessível e imediata de atualizar as capacidades fornecidas pela frota F-15C/D”, disse o general Mike Holmes, comandante do Air Combat Command. “O F-15EX está pronto para combater assim que sair da linha de fabricação.”

O F-15EX é um caça de biposto dotado de recursos exclusivos para os EUA. Possui uma grande capacidade de carga de armas avançadas. A plataforma requer mudanças mínimas nas áreas de conversão operacional, mão de obra adicional e pouca ou nenhuma alteração na infraestrutura, garantindo a continuação da missão.

Primeiro F-15EX em produção na Boeing

“Quando entregues, esperamos que as bases atualmente operando o F-15 façam a transição para a nova plataforma EX em questão de meses ao invés de anos”, disse Holmes.

A diferença mais significativa entre o F-15EX e as versões anteriores está na arquitetura Open Mission Systems (OMS). A arquitetura OMS permitirá a rápida inserção das mais recentes tecnologias nas aeronaves. O F-15EX também terá controles de voo fly-by-wire, um novo sistema de guerra eletrônica, sistemas avançados de cockpit e os mais recentes sistemas de missão e recursos de software disponíveis para os F-15 atuais.

“O backbone digital do F-15EX, os sistemas de missão aberta e a capacidade generosa de carga útil se encaixam bem com a nossa visão para futuras guerras centradas em rede”, disse o Dr. Will Roper, secretário assistente da Força Aérea para Aquisição, Tecnologia e Logística. “A atualização contínua dos sistemas e a maneira como eles compartilham dados através da Força Conjunta são essenciais para derrotar ameaças avançadas. O F-15EX foi projetado para evoluir desde o primeiro dia.”

As primeiras oito aeronaves F-15EX serão encaminhadas à Base da Força Aérea de Eglin, na Flórida, para apoiar os esforços de teste. A entrega das duas primeiras aeronaves está prevista para o segundo trimestre do FY21. As seis aeronaves restantes estão programadas para entrega no FY23. A Força Aérea está usando o Processo Estratégico de Base para determinar as bases para os lotes de aeronaves subsequentes.


Com informações 
Secretária da Força Aérea dos EUA

FONTE: Poder Aéreo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Caça Gripen é oficialmente apresentado no Brasil

O Gripen E, denominado F-39E Gripen pela Força Aérea Brasileira (FAB), foi apresentado oficialmente hoje, 23 de outubro, durante o evento em...