Força Aérea dos EUA ficará com seis caças F-35A destinados à Turquia

F-35A com as marcações da Turquia

(Reuters) — O Comitê de Serviços Armados do Senado dos EUA disse na quinta-feira que autorizou US$ 9,1 bilhões para adquirir 95 caças F-35 em sua versão da Lei de Autorização de Defesa Nacional de 2021, ou NDAA, uma política anual de definição de projetos de lei para o Departamento de Defesa.

O jato F-35 é fabricado pela Lockheed Martin Corp (LMT.N).

Os 95 caças F-35 autorizados no projeto são 14 a mais do que o solicitado pelo governo do presidente Donald Trump.

O comitê do Senado também autorizou a Força Aérea dos EUA (USAF) a ficar com seis F-35 vendidos originalmente para a Turquia.

Os jatos nunca foram entregues em solo turco devido a uma divergência sobre a compra por Ankara do sistema de defesa antimísseis S-400, fabricado na Rússia, que o Pentágono disse ser “incompatível” com os jatos furtivos F-35.

Os Estados Unidos expulsaram a Turquia do programa F-35 após a compra do S-400.

FONTE: Reuters via Poder Aéreo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Terceira aeronave KC-390 Millennium é incorporada à frota da FAB

Aeronave de matrícula FAB 2855 pousou neste sábado (27/06), na Ala 2, em Anápolis (GO) A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu, neste...