O novo tanque T-14 Armata é posto à prova na Síria

T-14 Armata

O novo T-14 Armata da Rússia foi testado na Síria, de acordo com Denís Mánturov, ministro da Indústria e Comércio, durante uma entrevista com a cadeia russa Rossiya.

Sim, eles estavam na Síria. Os tanques foram enviados para este país para levar em consideração todas as peculiaridades de seu uso em condições de combate”, explicou Mánturov.

No entanto, ele não detalhou em quais atividades os novos tanques blindados participaram, mas explicou que os testes realizados na Síria ajudarão a formar uma “imagem final” dos tanques.

Ele também explicou que o alto custo do T-14 Armata se deve ao seu design avançado e aos testes contínuos que estão sendo realizados nele. Além disso, a partir das informações coletadas, o tanque passou por modificações que aumentaram o custo do tanque. Mas, segundo o ministro, à medida que a produção aumenta, o preço por unidade diminuirá.

A introdução dos T-14 no Exército Russo deve ocorrer em 2021 e logo depois disso começará a exportação do T-14 Armata para compradores interessados.

O tanque T-14 Armata é o primeiro tanque de terceira geração do mundo, e uma de suas principais características é que a tripulação está em uma cápsula blindada que fornece proteção máxima. Outra novidade é que ninguém fica na torre e é operado remotamente.




FONTE: zona-militar.com via Forças Terrestres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Terceira aeronave KC-390 Millennium é incorporada à frota da FAB

Aeronave de matrícula FAB 2855 pousou neste sábado (27/06), na Ala 2, em Anápolis (GO) A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu, neste...