Como o novo bombardeiro furtivo B-21 se compara ao B-2A

B-21 Raider

Uma nova renderizacão do Northrop Grumman B-21, lançada pela Força Aérea dos EUA em 31 de janeiro, oferece uma nova perspectiva sobre o tamanho geral e os recursos do bombardeiro furtivo altamente secreto, revelando uma aeronave que, como esperado, se assemelha amplamente ao B-2A mas com várias diferenças importantes.



B-2A

Alguns analistas especularam que a Força Aérea queria um novo bombardeiro com cerca de dois terços do tamanho do B-2A, e a renderização parece apoiar essas estimativas. De maneira reveladora, as imagens mostram um trem de pouso principal “single-truck” para o B-21, indicando uma aeronave significativamente mais leve que o B-2, que requer um trem “double-truck”.

Os líderes da Força Aérea dizem por unanimidade que o programa está no cronograma e em andamento, mas algumas preocupações ainda surgiram. É possível que as imagens ofereçam apenas um vislumbre parcial – e até intencionalmente impreciso ou obscurecido – do primeiro projeto de teste final antes do voo do B-21, mas pode levar mais dois anos até que a primeira aeronave real seja vista pelo público.

A Northrop começou a montar a primeira estrutura de teste para o B-21 no complexo Site 4 na fábrica 42 em Palmdale, Califórnia – possivelmente no mesmo compartimento de montagem do edifício 401, onde a frota B-2 foi montada há mais de 25 anos.



FONTE: Aviation Week, via Poder Aéreo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Terceira aeronave KC-390 Millennium é incorporada à frota da FAB

Aeronave de matrícula FAB 2855 pousou neste sábado (27/06), na Ala 2, em Anápolis (GO) A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu, neste...