Boeing e Marinha dos EUA realizam voos teste de controle remoto com aeronaves EA-18G Growler


A fabricante Boeing e a Marinha dos EUA voaram com sucesso dois jatos Growlers EA-18G autonomamente controlados na Estação Aérea Naval de Patuxent River como sistemas aéreos não tripulados usando um terceiro aparelho do tipo como controlador de missão para o outros dois.

Os voos, realizados durante os exercícios experimentais anuais da frota do Comando de Desenvolvimento da Guerra da Marinha (FLEX), provaram a eficácia da tecnologia que permite aos modelos F/A-18 Super Hornet e EA-18G Growlers realizarem tarefas de combate com sistemas não tripulados. Ao longo de quatro operações, 21 missões de demonstração foram concluídas.

A tecnologia permite que a Marinha estenda o alcance dos sensores, mantendo as aeronaves tripuladas fora de perigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Primeiro caça Gripen da FAB já está a caminho do Brasil

Primeiro Gripen E da Força Aérea Brasileira – Foto: Saab O primeiro caça F-39 Gripen E brasileiro já deixou a Suécia a bordo de um navio mer...