Entrada em vigor do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas Brasil-Estados Unidos

Nota conjunta do Ministério da Defesa, do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações 


Foto: Agência Espacial Brasileira / Divulgação / CP

Brasília (DF), 19/12/2019 - Entrou em vigor, em 16 de dezembro, o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) entre Brasil e Estados Unidos, relacionado à proteção de tecnologias em operações de lançamento de foguetes e suas cargas úteis a partir do Centro Espacial de Alcântara. O instrumento havia sido assinado em Washington em 18 de março de 2019, durante a visita do Presidente Jair Bolsonaro aos EUA, e, em seguida, amplamente debatido e aprovado no Congresso Nacional brasileiro.

O Acordo expande significativamente as possibilidades de utilização comercial do Centro Espacial de Alcântara, para lançamentos de satélites e outros objetos espaciais, de quaisquer países, que contenham sistemas ou componentes de origem norte-americana.

Com a entrada em vigor do AST, o Brasil poderá se inserir no mercado espacial mundial como um forte participante do segmento de lançamentos, gerando desenvolvimento científico-tecnológico e socioeconômico, com criação de empregos e ampliação do empreendedorismo e de negócios de base local e nacional.

FONTE: Ascom Ministério da Defesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Terceira aeronave KC-390 Millennium é incorporada à frota da FAB

Aeronave de matrícula FAB 2855 pousou neste sábado (27/06), na Ala 2, em Anápolis (GO) A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu, neste...