Exército Argentino apresenta 22 novos caminhões Oshkosh


Por Gonzalo Mary

O Exército Argentino (EA) apresentou no dia 18 de julho no 601 Batalhão de Arsenais em Boulogne, província de Buenos Aires, o primeiro lote de 22 caminhões Oshkosh M1083 A1P2, zero quilômetro, e oito reboques que se juntaram à Força. A apresentação esteve a cargo do diretor do Arsenal, general Sergio Javier Pucheta; coronel Francisco Oteo e tenente-coronel Fernando Tereso.

Esses veículos, que foram incorporados através do
programa de vendas militares estrangeiras FMS (Foreign Military Sales), chegaram
ao país no dia 21 de junho a bordo do navio de bandeira panamenha Paradice Ace e serão destinados à X Brigada Mecanizada. Espera-se a chegada de mais 14 veículos com as mesmas características e outros sete da variante 1148 porta-contêineres, além de peças de reposição e acessórios, como kits para melhorar sua blindagem. O acordo também inclui cursos para mecânicos e motoristas.

A incorporação desses veículos faz parte do plano da Direção Geral de Organização e Doutrina de renovação de veículos de combate. Por outro lado, nas mesmas instalações do Batalhão 601 o recondicionamento dos Unimog é realizado para mantê-los em serviço.

Oshkosh M1083 A1P2

Os caminhões M1083 A1P2 são fabricados pela empresa americana Oshkosh. Pertence à família de FMTV (Medium Tactical Vehicles) que são baseados em veículos com um chassi comum e que variam de acordo com a carga e os requisitos da missão. Sua construção e componentes oferecem grande confiabilidade, mesmo nas condições mais extremas para o transporte de suprimentos e pessoal. Pode ser transportado por via aérea tanto em aviões C-130 quanto em helicópteros, graças aos seus pinos de ancoragem.

Suas dimensões são de 7,2 metros de comprimento, 2,4 metros de largura e 2,8 metros de altura. Possui um motor diesel Caterpillar C7 de seis cilindros e uma transmissão automática Allison MD 3700 SP de sete velocidades, que permite atingir cerca de 96 quilômetros por hora; seu tanque de combustível de 212 litros oferece uma autonomia de 483 quilômetros; sendo capaz de rebocar cargas de até 9.525 quilogramas. Além disso, cada veículo possui um sistema eletrônico central de inflação de pneus (CTIS, Central Tire Inflation System) e um sistema hidráulico para movimentar a roda estepe.

A capacidade de sua cabine é para três tripulantes e tem um sistema de blindagem modular e uma escotilha preparada para incorporar um suporte para uma arma de apoio, como uma metralhadora.


O Exército Argentino apresentou 22 caminhões Oshkosh M1083 A1P2


Tradução e Adaptação: Defesa Brasil Notícias


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Primeiro caça Gripen da FAB já está a caminho do Brasil

Primeiro Gripen E da Força Aérea Brasileira – Foto: Saab O primeiro caça F-39 Gripen E brasileiro já deixou a Suécia a bordo de um navio mer...