Mostrando postagens com marcador Sistema de Defesa Aérea de Média Altitude Akash. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sistema de Defesa Aérea de Média Altitude Akash. Mostrar todas as postagens

01 julho 2024

Brasil começa a concretizar ações para dispor de um Sistema de Artilharia Antiaérea de Média/Grande Altura

Lançamento de um míssil antiaéreo indiano Akash SAM

Por LRCA Defense Consulting

Em boa hora, o Brasil começa a concretizar ações no sentido de adquirir um Sistema de Artilharia Antiaérea de média/grande altura.

Por meio da Portaria - EME/C Ex nº 1338, de 21 de junho deste ano, foi aprovada a a Diretriz de Iniciação do Projeto Sistema de Artilharia Antiaérea de Média Altura/Grande Altura e constituída a equipe para a elaboração do Estudo de Viabilidade do Projeto (EV).

11 março 2024

Brasil pode estar próximo de adquirir um sistema de artilharia antiaérea de média altitude. Embraer no negócio?

Sistema AKASH SAM

Por LRCA Defense Consulting

Em termos de Artilharia Antiaérea, a situação do Brasil é, para dizer o mínimo, muito preocupante, pois as Forças Armadas não possuem nenhuma arma terrestre ou naval que possa fazer frente a ameaças aéreas que operem em média altitude (entre 3.000 e 15.000 metros) ou mais, o que significa que todo o trabalho teria que ser feito pelos caças Gripen e F5. Apenas como ilustração, os caças Sukhoi Su-30 e F-16 A/B venezuelanos, assim como os F-16 chilenos (e, talvez, os futuros F-16 argentinos) e até os IAI Kfir colombianos têm teto de emprego superior a 15.000 metros de altitude.

29 setembro 2023

Proposta do Brasil à Índia: permuta do sistema de defesa aérea Akash por aviões da Embraer?

Sistema de defesa aérea de média altitude Akash

Por LRCA Defense Consulting

Conforme publicaram hoje os portais indianos de notícias Indian Defence Research Wing (IDRW) e Republic World, o Chefe do Estado-Maior do Exército Brasileiro, General Fernando José Santana Soares e Silva, revelou que o Brasil está interessado em adquirir o sistema de defesa aérea de média altitude Akash desenvolvido e produzido na Índia. No entanto, esse interesse vem acompanhado de uma proposta única: um acordo de permuta. O Brasil está disposto a adquirir o sistema se a Índia concordar em comprar aeronaves Embraer do Brasil.

Leia também