Publicidade

24 agosto 2022

Helicóptero de ataque AW249 faz seu voo inaugural


Por Redação Forças de Defesa

O AW249, desenvolvido pela Leonardo Helicopters para substituir os helicópteros de ataque A129 Mangusta, fez seu voo inaugural.

A Leonardo Helicopters iniciou o desenvolvimento do AW249 após a assinatura de um contrato de US$ 487 milhões com o Ministério da Defesa italiano cobrindo o desenvolvimento e fornecimento de um novo helicóptero de ataque.

Comparado com o A129 Mangusta, o AW249 aproxima-se da classe pesada com uma capacidade de carga útil de 1.800 kg e um peso máximo de decolagem de 8 toneladas; ele usa dois motores GE CT-78E6 turboshaft com aproximadamente 2.583 shp cada. Desta forma, o AW249 terá uma relação peso-potência muito maior em comparação com o A129, que utiliza 2 motores Rolls-Royce Gem 2-1004D de 890 shp cada que substituirá.



Com 3 estações de armas em cada asa e capacidade de transporte assimétrica, a carga de armas do AW249 inclui mísseis antitanque da série SPIKE, mísseis ar-ar (AIM-9 Sidewinder nas pontas das asas ou AIM-92 Stinger sob a asa, etc) e OTO Melara TM-197B 20mm.

Além do aumento do desempenho de voo e das cargas úteis, outra característica proeminente do AW249 é a Cooperação Tripulada-Não Tripulada (3I). Destina-se a fornecer capacidade de operação coordenada com vários sistemas de UAV com o painel do co-piloto projetado com a referida capacidade em mente. Para dar um exemplo das vantagens desse tipo de uso, um VANT próximo pode realizar vigilância e marcação de alvos enquanto o helicóptero está atrás da cobertura, ou as munições vagantes (loitering munitions) podem ser coordenadas pelo helicóptero para fornecer poder de fogo de apoio.

Ao lado do Exército Italiano, a Polônia também está interessada no AW249 para substituir a antiga frota de Mi-24 Hind. Conforme relatado pelo MilitaryLeak, a PGZ havia assinado com a com Leonardo Helicopters em 2019 uma declaração de intenções sobre o projeto, fabricação e suporte logístico pós-venda do AW249.



Alguns Helicópteros Leonardo comparados ao novo AW-249. O AW-149 tem o mesmo eixo de rotor e transmissão que o AW-249

FONTE: Defense Turk, via Poder Aéreo

Nenhum comentário:

Postar um comentário