Publicidade

14 maio 2022

Mais de 700 militares Marinha do Brasil realizam adestramento em Furnas, Minas Gerais

Trata-se do maior treinamento de Operações ribeirinhas já realizado em Minas Gerais


Carro Lagarta Anfíbio (CLAnf)

Mais de 700 militares da Marinha do Brasil estão reunidos até o dia 18 de maio, na região de Furnas (MG), para o Adestramento de Operações Ribeirinhas (AdestOpRib). O objetivo principal do exercício é manter a condição de pronto emprego e a capacidade expedicionária dos Fuzileiros Navais para operar em todas as regiões do País, além de reforçar a presença da Marinha no estado.

A escolha do lago da represa de Furnas para o exercício foi estratégica, como afirma o Capitão de Mar e Guerra (FN) Max Guilherme de Andrade, Chefe de Operações da Força de Fuzileiros da Esquadra. “A região conhecida como ‘Mar de Minas’ tem uma massa de água que equivale a quatro vezes o volume de água da Baía de Guanabara e possui um perímetro de 3.500 km, aproximadamente a metade da extensão da costa brasileira, o que possibilita o treinamento e a simulação dos mais variados tipos de exercícios em operações ribeirinhas com a aplicação de diversas técnicas de infiltração”, completa.

Dentre as diversas atividades previstas para o exercício, destacam-se: desembarque ribeirinho, operações com CLAnf em ambiente fluvial, orientação fluvial diurna e noturna, técnicas de travessia, “hellocasting” - técnica em que o tripulante salta da aeronave para água -, “tethered duck” - desembarque feito de um helicóptero em meio aquático com o bote e todo o equipamento necessário ao cumprimento de uma missão de combate, mergulho, salto livre operacional, rapel, dentre outras. Os helicópteros operaram a partir de uma Base Aérea Expedicionária, ativada em Furnas.

Exercício de tethered duck com aeronave UH-15 Super Cougar/ crédito: 2°SG (FN-IF) Thiago Lima

Esta é a terceira vez que a Força de Fuzileiros da Esquadra está presente na região. Em função da experiência dos anos anteriores, constatou-se a excelência da área para esse tipo de operação ribeirinha, de modo que, para 2022, foi aumentado consideravelmente o vulto da operação para atingir as dimensões atuais.

Também irá compor o treinamento uma demonstração operativa (DemOp), no dia 16, simulando uma operação completa, na qual serão apresentadas algumas das principais capacidades envolvidas no treinamento. O evento será aberto às autoridades, ao público e à imprensa.

O exercício conta com a participação de 13 Organizações Militares e diversos meios como: dois Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf), duas aeronaves UH-15 “Super Cougar”, uma aeronave UH-12 “Esquilo”, aviões de caça AF-1 Skyhawk, 30 viaturas com capacidade para transportar até cinco toneladas, nove viaturas leves e 30 embarcações de transporte de tropa.

Aeronave UH-15 “Super Cougar” sobrevoa o lago de Furnas

FONTE: Agência Marinha de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário