28 outubro 2021

Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal participa de Estágio de Adaptação à Caatinga, em Pernambuco

Estágio de Adaptação à Caatinga teve a participação de 31 militares do GptFNNa

O Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (GptFNNa) participou, de 18 a 21 de outubro, do Estágio de Adaptação à Caatinga, realizado em Petrolina (PE), no Centro de Instrução de Operações na Caatinga, sediado no 72º Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército Brasileiro.

O estágio teve a participação de 31 militares do GptFNNa, que se qualificaram para atuação em operações na Caatinga, bioma brasileiro que corresponde a 11% do território nacional, afetado por secas extremas e períodos de estiagem, característicos do clima semiárido, e considerado extremamente hostil à sobrevivência humana.

Os fuzileiros navais tiveram a oportunidade de se especializar nas técnicas, táticas e procedimentos específicos de emprego na Caatinga, o que incluiu instruções e treinamentos sobre primeiros socorros; efeitos fisiológicos do calor; fauna e flora; medidas de prevenção de acidentes; abrigos improvisados; comunicações; nós e amarrações; orientação e navegação; além de operações de patrulha, de busca e apreensão e de controle de distúrbios.

Os fuzileiros navais especializaram-se nas técnicas, táticas e procedimentos específicos de emprego na Caatinga

Segundo o Capitão de Corveta Tiago Campos de Sousa o estágio foi de grande importância para elevar o nível de prontidão dos fuzileiros navais na área de jurisdição do Comando do 3° Distrito Naval. “A necessidade de ter fuzileiros com capacidade para operar nesse tipo de terreno está alinhada com a capacidade expedicionária do Corpo de Fuzileiros Navais e um potencial aumento na prontidão do GptFNNa, corroborando com seu lema: Do mar ao sertão, pronto para a missão”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário