09 outubro 2021

Entenda como novo sistema permite ao Gripen navegar com precisão sem necessitar de satélites

Ser capaz de navegar com confiança e precisão quando o GPS fica indisponível por um longo tempo é uma capacidade revolucionária para um piloto de caça. Para superar esse desafio, a Saab estudou e testou técnicas de navegação de terreno baseadas em imagens e agora propõe uma nova tecnologia para uma alta capacidade de navegação tática em ambientes sem GPS




No ano passado, a Saab realizou ensaios em voo bem-sucedidos com o Gripen E usando novos algoritmos que fornecem posicionamento em tempo real e altamente preciso com base no mapeamento de imagens, conhecido como mapeamento 3D. Os testes, conduzidos em colaboração com a Maxar, comprovaram com sucesso o conceito em que dados de sensores eletro-ópticos de bordo e algoritmos de georregistro são comparados com um banco de dados de modelos de superfície 3D na aeronave.

A Maxar, usando dados de satélite, produz modelos detalhados de superfície 3D com alta precisão

Odometria e navegação de terreno


O uso da tecnologia de mapeamento de imagens de odometria também foi testado anteriormente com bons resultados. Aqui, um sensor a bordo observa as características da paisagem à frente e os algoritmos geram um vetor de velocidade mais preciso e auxiliam o sistema de navegação inercial.

A navegação em terreno, na qual a Saab tem uma longa história, por exemplo, a TERNAV, também foi testada anteriormente em diferentes demonstrações e essa tecnologia evoluiu internamente com novos algoritmos e tecnologias de manipulação de banco de dados.

Posicionamento robusto com alta precisão


Ao combinar essas três tecnologias (mapeamento 3D, odometria e navegação em terreno), o sistema de navegação fornecerá ao piloto do Gripen uma capacidade disruptiva e única de operar em ambientes sem GPS, mantendo um posicionamento de alta precisão.

“No mundo da guerra moderna e, entre outros, seus requisitos para dano colateral zero, uma alta precisão e posicionamento robusto são essenciais. A tecnologia de navegação tática em ambientes sem GNSS que a Saab agora começa a concluir levará a uma verdadeira capacidade revolucionária na arena operacional”, diz Jonas Jakobsson, piloto de ensaios experimentais do Gripen na Saab.

Durante 2018 e 2020, testes de voo de mapeamento 3D foram realizados em conjunto com a Maxar. Aqui, uma câmera montada no Gripen durante um dos voos de demonstração

Liderando a indústria


A capacidade de realizar operações de longo alcance ou longa duração em um ambiente sem GNSS com dados de posição robustos e altamente precisos é necessária, especialmente ao operar contra oponentes sofisticados. A Saab agora planeja uma solução para usuários atuais e futuros do Gripen.

“Acreditamos que estamos à frente dos outros nesta área, uma vez que já demonstramos partes importantes desta capacidade de navegação robusta, fundida e em tempo real com testes de voo. Agora, damos o próximo passo para implementar essa tecnologia em soluções para nossos clientes. Com base nos resultados dos testes, decidimos incluir esta solução como parte de nossa oferta do Gripen para a Finlândia”, diz Tobias Jansson, gerente de produto do Gripen.

Outros benefícios derivados


Além de apoiar a navegação, existem outros benefícios potenciais derivados dessa tecnologia, como a construção e a execução de funções de direcionamento e facilitação de pousos de aeronaves em condições ambientais desafiadoras onde os auxílios de pouso normais estão comprometidos.

Sobre a Saab


A Saab atende o mercado global com produtos, serviços e soluções de ponta nas áreas de defesa militar e segurança civil. A Saab possui operações e funcionários em todos os continentes. Graças a suas ideias inovadoras, colaborativas e pragmáticas, a Saab desenvolve, adota e aprimora novas tecnologias para atender às necessidades, em constante mudança, de seus clientes.

Divulgação: Saab / Publicis Consultants

Nenhum comentário:

Postar um comentário