Fragata “Independência” é o novo capitânia da Força-Tarefa Marítima da UNIFIL

Fragata “Independência”

Em 20 de abril, durante a cerimônia de “Handover”, a Fragata “Independência” tornou-se, pela terceira vez, o Navio-Capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL), em substituição à Corveta “Barroso”, que concluiu com êxito um período de quase oito meses na missão.

A FTM-UNIFIL foi criada em 15 de outubro de 2006, em atendimento à Resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, por solicitação do governo libanês, tendo a peculiaridade de ser a única Força Naval componente de uma missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), e vem, desde então, executando as tarefas de Operações de Interdição Marítima e de treinamento da Marinha libanesa. A FTM-UNIFIL possui um Estado-Maior multinacional e seis navios de seis diferentes nacionalidades: Alemanha, Bangladesh, Brasil, Grécia, Indonésia e Turquia, além de dois helicópteros orgânicos: um Super Lynx AH-11A, a bordo da Fragata “Independência”, e um Dauphin AS 365, a bordo da Corveta “Sultan Hasanuddin”, da Marinha da Indonésia.

Em virtude da atual situação global sobre o Covid-19, aliado às medidas de prevenção estabelecidas pela ONU, este ano, excepcionalmente, a Cerimônia de “Handover” do Navio-Capitânia da FTM-UNIFIL foi realizada internamente, sem a presença de convidados externos, tendo sido presidida pelo Comandante da FTM-UNIFIL, Contra-Almirante Sergio Renato Berna Salgueirinho.


Cerimônia de “Handover” a bordo da Fragata “Independência”

Comandante da FTM-UNIFIL preside cerimônia

FONTE: Marinha do Brasil

Nota do Editor: Essa missão encerrará a participação de navios da Marinha do Brasil atuando sob a égide da ONU na UNIFIL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Terceira aeronave KC-390 Millennium é incorporada à frota da FAB

Aeronave de matrícula FAB 2855 pousou neste sábado (27/06), na Ala 2, em Anápolis (GO) A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu, neste...