Novo navio de salvamento submarino da Marinha do Brasil deve chegar em dezembro

Adams Challenge – Offshore Supply Vessel

O navio de apoio offshore de 4.100 toneladas que a Marinha do Brasil estava negociando com a empresa Adams Offshore WLL, sediada no Bahrein, especializado no apoio a atividades submarinas, deve chegar em 20 de dezembro, segundo uma fonte do Poder Naval.

O novo Offshore Supply Vessel deverá substituir o Navio de Salvamento Submarino, Felinto Perry (K11), que apresenta graves problemas de propulsão e que teve sua baixa decidida pela Alta Administração Naval (Comandante da Marinha mais Almirantado).


O navio encontrava-se no complexo portuário de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, quando foi inspecionado por uma delegação da Força Naval brasileira, constituída por oficiais do Comando da Força de Submarinos (ForSub) e da Diretoria Geral do Material da Marinha (DGMM).

A embarcação que assumirá o lugar do Felinto Perry é do tipo Adams Challenge, de 85 metros de comprimento, 18 de boca e 8 de calado.

Ele conta com um heliponto (helideck) na proa, acima do passadiço – capaz de receber aeronaves do porte de um Eurocopter AS332L Super Puma, de 9 toneladas (carregado para a decolagem) –, e dispõe de área livre à ré do convés principal, de, aproximadamente, 540 m² (junto a uma guincho com capacidade para até 100 toneladas).

Em termos técnicos, trata-se de uma embarcação de apoio offshore multifuncional com posicionamento dinâmico e elétrico, concebida para suportar uma ampla variedade de atividades de suporte offshore, incluindo o apoio ao mergulho e o gerenciamento de ROV (Remotely Operated Vehicle).


Navio de Salvamento Submarino Felinto Perry K11, da Marinha do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Hungria assina contrato para aquisição de duas aeronaves multimissão KC-390 Millennium

Budapeste, Hungria, 17 de novembro de 2020 - O Governo Húngaro e a Embraer assinaram hoje um contrato para a aquisição de duas aeronaves de...