Curitiba é referência nacional na produção de coletes e na manutenção de material bélico


CURITIBA – O trabalho realizado nos pavilhões da Divisão Técnica do Parque Regional de Manutenção da 5a Região Militar (Pq R Mnt/5) é referência nacional. Todo o processo realizado na linha de produção de coletes e barracas de campanha e de manutenção, seja de armamento ou de blindados, é baseado no “Sistema Toyota de Produção”, com foco no melhoramento das rotinas e procedimentos. Já na entrada da Divisão Técnica, setor fabril da OM, é possível visualizar em quadros organizacionais, o que deve ser realizado por cada equipe no decorrer do dia e quais as entregas ao longo do mês.


Semanalmente o Pq R Mnt/5 recebe visitas de Organizações Militares e civis que procuram conhecer os diferenciais da linha de produção e o know how da equipe de engenheiros, técnicos e mecânicos na produção e manutenção de material que é utilizado no emprego de tropas terrestres de todo o território nacional.

A visita mais recente foi de acadêmicos do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) que foram conhecer in loco os processos de modernização, manutenção de blindados e a produção de coletes e barracas. Ao final da visita, os alunos foram levados ao museu do quartel, onde conheceram um pouco mais da história do Quadro de Material Bélico do Exército Brasileiro.


Armamento


A linha de produção do Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar finalizou a modernização de 1.100 PARAFAL A1 para o modelo MD1 (cano curto), que foram distribuídos pelo Escalão Logístico Regional/5 a organizações militares de Santa Catarina. Com esse aumento do poder de combate, as tropas da 5ª Divisão de Exército (5ª DE) recebem um armamento mais operacional caracterizado pelo cano mais curto, adição de trilho “Picatinny”, uma tendência mundial que possibilita a incorporação de acessórios como luneta, lanterna e mira holográfica.


MD1



Blindados


O VBC OAP M109 A5 amplia a capacidade da Artilharia brasileira em todo o território nacional. O trabalho do Pq R Mnt/5 é o de realizar a manutenção de 3º escalão nessas viaturas blindadas da série M pertencentes ao Exército Brasileiro.


VBC OAP M109 A5

Em relação ao segundo lote de Modernização da VBTP M113 BR o Pq R Mnt/5 já alcançou o carro de número 400.

VBTP M113 BR



Todas as viaturas modernizadas pelo Pq R Mnt/5 passam pelas verificações para assegurar a realização das missões aquáticas em segurança. Velocidade máxima em diferentes terrenos e até na água, inclinação de rampa de entrada, funcionamento das bombas do porão, estanqueidade, flutuabilidade e navegabilidade são alguns dos testes e simulações de pleno emprego realizados por nas viaturas blindadas de transporte de pessoal.

Coletes e barracas


Ao final de outubro, o Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar (Pq R Mnt/5), alcançará a significativa meta de 2.000 coletes balísticos produzidos na OM.

A produção de cobertura de barracas, está relacionada diretamente à demanda, a capacidade da linha de produção para esse item é de 80 unidades por ano.

FONTE e FOTOS: Comando da 5ª Região Militar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUE

Primeiro caça Gripen da FAB já está a caminho do Brasil

Primeiro Gripen E da Força Aérea Brasileira – Foto: Saab O primeiro caça F-39 Gripen E brasileiro já deixou a Suécia a bordo de um navio mer...