31 março 2021

NAM “Atlântico” realiza adestramentos de desembarque

Exercício de lançamento e recolhimento dinâmico de EDVP

Durante a Operação “Urano/2021”, iniciada em 26 de março, o Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) “Atlântico” realizou qualificações de patrão, proeiro e popeiro com o lançamento e recolhimento dinâmico de Embarcação de Desembarque de Viatura e Pessoal (EDVP). Nas atividades, o grupamento operativo embarcado de Fuzileiros Navais também exercitou procedimentos de desembarque por meio das EDVP.

No dia 29, o adestramento de Movimento Navio para Terra (MNT), que representa uma tomada de praia, deu continuidade aos adestramentos anfíbios e ampliou a complexidade dos exercícios.

Adestramento de MNT

As EDVP dotadas no NAM “Atlântico” podem transportar viaturas, equipamentos e pessoal, além de realizar o apoio logístico entre navios ou para a terra. As embarcações são blindadas e comportam cerca de 35 militares armados e equipados, além da tripulação.



Operação “Urano/2021” reforça a interoperabilidade entre as três Forças Armadas


Aeronaves da Marinha, do Exército e da Força Aérea no convoo do NAM “Atlântico”

Helicópteros do Exército Brasileiro (EB) e da Força Aérea Brasileira (FAB) operam com o Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) “Atlântico”. A Operação “Urano/2021”, iniciada no dia 26 de março, promove a continuidade do Adestramento Conjunto de Emprego de aeronaves das três Forças Armadas a bordo de navios da Marinha do Brasil.

A atividade dá prosseguimento aos exercícios realizados em outubro de 2020, na Operação “Poseidon”, quando o capitânia da Esquadra, fundeado na Baía de Sepetiba, recebeu os primeiros pousos e decolagens de aeronaves do EB e da FAB.

A Operação promove a continuidade do Adestramento Conjunto de Emprego de aeronaves das Forças Armadas a bordo de navios da Marinha

Esta é uma importante conquista, que decorre de um planejamento criterioso e de diversas interações, cujos ganhos permitirão o incremento e a ampliação da interoperabilidade entre as três Forças.

A Operação conta com uma aeronave UH-12 (Águia), uma UH-15 (Pegasus), e uma SH-16 (Guerreiro) da Marinha; uma aeronave HM-4 (Jaguar), do EB; e uma aeronave HM-36 (Caracal), da FAB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário